Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007

Bombeiros SA?

De Sandra Encarnação
Bom dia ! Então os Bombeiros têm que dar lucro?
Não sabia que agora são também S. A. .
Vamos bem...
Após, ler este comentário fiquei primeiro perplexo , depois caí na real
-" Ah claro estou em Portugal."
Neste belo país achamos que tudo é gratuito , que tudo tem de ser posto à disposição do povo, e sempre que isso não acontece clama-se em ultimo caso com a Constituição da Republica, com os direitos fundamentais com os direitos inalienáveis .
Em teoria, estou totalmente de acordo, deveria ser " a cada um segundo as suas necessidades", só que depois acordo deste torpor e sinto a diferença da teoria para a realidade que é abissal.
Voltando ao principio, não sei se Sandra Encarnação é real ou fictícia , mas existe alguém que assina assim... e é a esse alguém que eu me dirijo e ao dirigir-me a esse alguém dirijo-me a todos nós.
Como sabe cara Sandra existem corporações profissionais os habitualmente chamados Sapadores Bombeiros, normalmente pertencentes aos corpos de funcionários das autarquias locais, e os designados Bombeiros Voluntários, normalmente Associações Humanitárias sem fins lucrativos. É desta segunda qualidade de Bombeiros que eu queria falar e explicar à Sandra que os Bombeiros Voluntários não devem dar lucro mas também não devem dar prejuízo e passo a explicar porquê. 
Como certamente sabe, mesmo nos corpos de bombeiros voluntários há assalariados, única forma de na actual forma de vida se poder suprir a falta de voluntários, e estes assalariados tem todas as regalias sociais, salário, subsidio de alimentação etc. etc. trabalham 11 meses e recebem 14 como todos os trabalhadores deste país.
E que receitas tem as Associações humanitárias? Concretamente a Associação Humanitária dos Bombeiros de São Bartolomeu de Messines, tem um subsidio anual da Autarquia de Silves que para despesas correntes ronda os 100.000,00 € anuais, subsídios das juntas de freguesia de Messines, Tunes e em tempos São Marcos que juntas não atingem 12.000,00€, quotas dos associados e contributos das empresas locais que andarão por 25.000.00€, depois temos os serviços prestados aos Hospitais e aos doentes que chamam os bombeiros para transporte.
Só que, e há sempre um que..., Os hospitais que requisitam os serviços pagam com um atraso médio de sete, oito meses, a maior parte dos serviços não são cobrados pelas mais variadas razões.
E, é por isso que todos os meses quando se chega aí ao dia 25 os directores começam a inventar maneiras de se poderem pagar os vencimentos, porque os Bombeiros trabalham tem de receber, quer haja dinheiro quer não!
E. é por isso que os directores se juntam Conjuntamente  com os membros não assalariados do comando para entre si comprarem a maca articulada que faz falta segundo a lei na ambulância , mas para a qual a corporação não tem dinheiro, e para o computador, e para, e para, e...!
É com esta realidade que os Bombeiros Voluntários vivem, é com esta realidade que se tomam decisões que custam a todos, e certamente muito mais a quem as tem de tomar. Mas pode crer que antes de tomar a medida dura e difícil fizeram-se reuniões com as autarquias, Juntas e Camara , alertaram-se as entidades fazendo-lhes ver que não tinha a Associação Humanitário meios para continuar com a secção aberta, sabe qual foi o apoio? ZERO, nem um cêntimo .
Espero, cara Sandra, que entenda que as Associações Humanitárias não têm que dar lucro, não podem é gastar mais do que têm .
Mas se estiver atenta e quiser colaborar brevemente deverá estar a ser lançada uma iniciativa para tentar amenizar a situação. 
feito, revisto e publicado por, José Paulo de Sousa às 08:07
ligação do post | comentar | favorito
12 comentários:
De parentinho a 1 de Fevereiro de 2007 às 17:39
Concordo plenamente com o que foi escrito, MAS...

...Se não se pode gastar mais do que se tem porque é que os Bombeiros de Messines insistem em comprar carros, alguns desnecessários (carro de desencarceramento Marca Mercedes), e porque é que pagam ou pagavam um salario avultado ao mecanico da corporação?
De Fantasma a 8 de Fevereiro de 2007 às 09:59
´0 Parentinho então o Senhor não sabe que os carros de desencarceramento e viaturas de combate a incendios não são compradas pelas Associações, são atribuidas pelo SNBPC
vê-se logo que é mais um só para complicar..........depois pergunte-lhe se no verão tevivese em S.Marcos um desencarceramento quem é que saá com ele os idosos que se encontram aí pelas ruas..como deve saber e parece-me que você sabe algumas coisas aí em S.Marcos ninguém se inscreveu como bombeiro.olhe só houve gente nesse Quartel foi no dia da abertura para comerem e berem dessa gente está o País cheio.....

Comentar post

Eu

últ. comentários

É uma perspectiva interessante, da qual as pessoas...
Então aconselho que leias ao menos as seguintes ob...
...E PAGA AS PORTAGENS QUE O CONTRIBUINTE NÃO TEM ...
blabla bla...mas andaste 4 anos a comer do estado!...
Vª Exª é que se auto intitulou não fui eu ...
E um estúpido é um estúpido.
Feirante é Feirante e ponto final. Qual o problema...
José Paulo Sousa, ainda não percebeste que há uma ...
Termin7ologia do portal da empresa Qual a diferenç...
como vê sou muito mais tolerante e educado do o ca...

Recentes

eu não vou pedir desculpa...

memórias (7)

memorias (6)

memorias (5)

memórias(4)

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

ligações

tags

todas as tags

mais comentados

26 comentários
12 comentários
12 comentários
12 comentários

Best of the best

a casa da cultura como el...

Socrates o Neoliberal

A menina que tem dois pai...

As minhas leituras (I)

pesquisar

 

Prateleira

blogs SAPO

subscrever feeds