De Luís F. a 29 de Outubro de 2013 às 12:54
Em relação a este assunto tenho duas reflexões que "saltam" à frente das outras e que são as seguintes:
1) A discussão que se tem assistido sobretudo nos blogs e no facebook é feita, principalmente, por dois tipos de pessoas; as que apoiam o executivo e as que não apoiam. No final, e depois de muitas horas "perdidas" a esgrimirem os melhores argumentos "possiveis e imaginários" sob a forma de posts em catadupa (há um "amigo" de Armação de Pera que se é assim com uma feira, quando chegar à votação do orçamento não vai haver facebook que chegue...), quem apoia o executivo continua a apoiar e quem não apoia continua a não apoiar. É assim em relação à feira "franca" e será assim em relação a tudo aquilo que o executivo fará ou não, nos próximos 4 anos.
2) Incomoda-me a forma como sobretudo o Sr. José Paulo Sousa e os "anti-feira franca de 2013" (porque nas outras estavam a favor), se referem aos feirantes. Acho que alguns comentários começam a estar carregados de um teor xenófobo, altamente focado em rebaixar essa classe de comerciantes que são os "feirantes".
Mas afinal quem e o que são os "feirantes"?
Aqui é que a coisa começa a ser surpreendente porque o Sr. JP Sousa certamente não sabe que só na freguesia de Messines, entre venda de farturas, porco no espeto, enchidos, artesanato, doces regionais, bebidas e licores regionais, etc... costumam estar entre 20 e 25 comerciantes ou "feirantes" (se este termo satisfazer melhor o autor do blog), presentes nas principais feiras do Algarve e Baixo Alentejo. E sei que o mesmo se passa em S. Marcos da Serra e Silves, imaginando que nas outras freguesias também haverá o mesmo "fenómeno". Conheço pessoalmente algumas destas pessoas, de "vista" outras e, garanto-lhe que são tão "branquinhos" como o Sr. José P. Sousa e pagam IVA e os restantes impostos como qualquer cidadão.
Para além disso têm filhos na escola, colegas dos nossos, frequentam os mesmos sitios que frequentamos, são nascidos e criados na "santa terrinha"... Em suma, penso que é preferível escrever algo do gênero... NÃO APOIO NEM APOIAREI NADA DO QUE ESTES GAJOS FAZEM OU FARÃO PORQUE NÃO GOSTO DELES... do que estar a insultar pessoas, das quais algumas até conhece mas não deve saber o que fazem na vida.
De José Paulo de Sousa a 29 de Outubro de 2013 às 14:36


Termin7ologia do portal da empresa Qual a diferença entre um feirante e um vendedor ambulante?
Um feirante é uma pessoa singular ou coletiva que exerce habitualmente a atividade de comércio a retalho não sedentário em feiras.

Um vendedor ambulante é uma pessoa singular ou coletiva que exerce habitualmente a atividade de comércio a retalho de forma itinerante, incluindo em instalações móveis ou amovíveis.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.