Segunda-feira, 11 de Outubro de 2010

Estádio Municipal, uma contribuição para ...

vou escrever umas linhas sobre o assunto supra :)!!!

ontem lá estiveram os resistentes do costume a ver a união desportiva a jogar em "casa" la para as bandas de Salir, 28 km para lá 28 Km para cá ... 56 Km coisa pouca...

o resultado não foi o melhor pois a união desportiva perdeu pela segunda vez consecutiva por um a zero.

como chovia, apanhamos com ela em cima pois lá para as bandas de Salir não há nem bancadas nem cobertura.

e isto leva-me a cogitar sobre o estádio municipal de são Bartolomeu de Messines e as soluções ou não para o problema... ao que parece os serviços Municipais teriam duas soluções para a resolução do problema a saber;

  • Alargamento para o lado contrário à bancada, com a possivel eliminação da passagem que existe de passagem de peões e viaturas onde há anos existia uma passagem pedonal;
  • Alargamento para o lado da bancada, tendo esta que ser cortada...

Parece-me que nenhuma destas soluções agrada e a vox populi atira-se para um complexo desportivo novo, ora quanto a mim neste momento esta ultima posição é a que menos serve a União Desportiva Messinense, pois que;

  • Esta é a posição que nada resolve no imediato, sim porque além de não existirem terrenos no pdm que possam ser utilizados para essa finalidade já entendemos que a posição da Câmara Municipal é que o problema só poderá ser ultrapassado com a revisão do Plano Director Municipal, embora toda a gente saiba que isto não é bem verdade e que ainda há pouco a vila e freguesia de são Bartolomeu de Messines foi beneficiada com uma alteração do PDM para a instalação de uma central de Lamas, por isso e se fosse essa a posição da Câmara Municipal - ( a de não querer construir, e não me acredito que seja pois vê-se todos os dias a vontade de fazer obra na Vila e na freguesia) estava a situação resolvida não se faz porque não se pode e já que não aceitam nenhuma das outras soluções a resolução é esperar e entretanto a união desportiva vai definhando até que desaparecendo o problema desaparecerá também.
  • Mesmo que se encontra-se uma solução com a alteração do PDM, não me parece que as contas Municipais pudessem suportar uma despesa avultada para a compra ou expropriação de terrenos, lançamento de concurso , vistos do tribunal de contas, execução da obra ... tínhamos para aí um período de cinco a dez anos ...
  • Assim e, apesar de não ser a solução para o futuro, pelo menos será a solução para o próximo futuro é aceitar e pressionar por qualquer uma das soluções de alargamento, para que na próxima época futebolistica a União Desportiva possa voltar a jogar  em casa e não tenha que fazer uma temporada toda fora de portas.

Até já! 

feito, revisto e publicado por, José Paulo de Sousa às 14:17
ligação do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 10 de Julho de 2010

Os pecados da UDM

A UDM - União Desportiva Messinense lá vai ter de jogar na III divisão nacional com a casa ás costas tipo tartaruga...

 

Ontem depois de tudo se tentar ,e eu fui, sou testemunha disso, nada feito é tudo impossibilidades é tudo castigos é tudo punições é tudo falta de soluções... vejamos...

 

A união Desportiva cometeu um pecado enorme na época transacta... subiu de divisão, não digo contra tudo e contra todos mas digo... apesar disso! subiu, não deve ao que se julga saber nada a ninguém ou o que deve é imensamente menos que outros devem, tinha um plantel de homens e meninos dignos, baratinho... nada talhado para subir mas subiu.

 

Surge a fantástica Federação Portuguesa de Futebol e diz a partir da época 2010/11 futebol nos nacionais só com campos de 64 metros de largura o campo municipal, propriedade da câmara municipal onde a udm joga tem 61,5 ou 59,5 conforme as fitas que se usem, e então tentou-se que o detentor e proprietário encontrasse uma solução, ao que parece o estádio é municipal mas o clube não é :) querias !!! e a solução não apareceu e até parece que alguém com responsabilidades disse ao Presidente do Clube para se desenrascar...

Federação autista , não acedeu aos pedidos da UDM para poder jogar no campo que  à quatro anos serviu para se jogar na segunda divisão nacional, e agora não serve nem sequer para a terceira.

 

Entidade proprietária perita em assobiar para o lado.

 

Associação do Algarve que, quanto a mim deveria tentar apoiar o associado, também foi de préstimo zero.

 

Resolveu o Clube e bem fazer aquilo que em linguagem futebolística se chama de pressão alta, se não se pode jogar aqui abdicasse da subida ficamos nos distritais, ninguém com responsabilidades se apercebeu do apelo, enquanto no concelho vizinho de Portimão onde o campo também não tinha as condições as maquinas entraram em campo uma  semana depois aqui em Messines, no concelho de Silves parece que não se passa nada parece que o desporto não interessa enfim manda quem pode obedece quem deve..., mas o melhor estava para vir a UDM pelo simples facto de abdicar da subida passaria a ser tratada como um pária um marginal. descida á II divisão Distrital da AFA e dois anos de suspensão da equipa sénior participar nos campeonatos de Futebol... Crime??? dividas a jogadores??? Não, dividas a treinadores??? Não, invasão de campo??? Não, corrupção de árbitros não??? Não o crime da UDM é não ter campo e não ter da entidade que é dona do campo a solidariedade para com uma Instituição do concelho.

 

Resultado para, talvez, digo eu grande tristesa do dono do campo, da AF do Algarve, e propria federação a UDM vai participar, ao que parece no concelho vizinho em Salir, porque neste concelho não há um campo de futebol que premita a pratica de futebol a nível nacional , não há mas parece que vai haver , mas é privado e é de relva natural, mas ao que parece as máquinas trabalham a bom trabalhar para o dotar das condições enfim prioridades...

 

Só espero que quem de direito não embirre e não vá privar a UDM do transporte nos ditos jogos em casa...

 

Até Já!

tags:
feito, revisto e publicado por, José Paulo de Sousa às 15:32
ligação do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Julho de 2010

Vampiria

 

 

Um som diferente ...

Logo à noite plenário da união desportiva messinense no salão dos bombeiros voluntários, pelas 21 horas.

tags: ,
feito, revisto e publicado por, José Paulo de Sousa às 09:01
ligação do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Julho de 2010

Comunicado da UDM

NOTA DE IMPRENSA

 

A União Desportiva Messinense, campeã em titulo da 1.ª Divisão Distrital – Futebol de 11, foi forçada a abdicar de participar no próximo Nacional da 3.ª Divisão, face às condições exigidas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) quanto à utilização do Estádio Municipal de S. Bartolomeu de Messines, concretamente, pelo facto da largura do recinto desportivo não atingir os 64 metros (tem 61,15 metros).

 

A FPF não foi sensível ao Clube e à Câmara Municipal de Silves, rejeitando a prorrogação excepcional do prazo por mais uma época desportiva por forma a assegurar o planeamento e a execução das respectivas obras.

 

O Clube considera que disputar os jogos fora de casa na condição de visitado, provocaria gravíssimos constrangimentos de ordem logística, financeira, identitária, social e desportiva.

 

Não deixa de ser estranho e absurdo que obra tão vultuosa e fundamental como foi o arrelvamento sintético do Estádio Municipal, executado há escasso tempo (5 anos) que mereceu o acompanhamento e a aprovação da Associação de Futebol do Algarve, no intuito do mesmo ficar apto para a realização de jogos oficiais dos Nacionais de Futebol (a UDM, ultimamente, competiu duas épocas na 2.ª Divisão Nacional – 2006/07 e 2007/08 – e na 3.ª Divisão Nacional, em 2008/09), passe de um momento para o outro, a não cumprir as normas regulamentares, no que aos Nacionais diz respeito! Não há dúvida que somos um país rico!

 

 

S. B. de Messines, 1 de Julho de 2010

tags:
feito, revisto e publicado por, José Paulo de Sousa às 08:26
ligação do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Junho de 2010

Messinense campeão abdica da subida de divisão se ...

O resultado da assembleia-geral extraordinária de hoje, foi uma votação expressiva e esmagadora...

 

Se a União desportiva não poder jogar no Estádio Municipal de Messines por este não vir a ser homologado pela Federação Portuguesa de Futebol a União Desportiva abdica da subida de divisão brilhantemente conseguida dentro das quatro linhas, foi a decisão soberana dos associados em que por voto secreto, para haver total liberdade de voto e de consciência, deliberaram por 96% dos votos expressos abdicar da subida de divisão e continuar a jogar no Estádio Municipal de São Bartolomeu de Messines.

 

Houve algumas pessoas que ficaram com as orelhinhas a arder....

 

Até já!  

tags:
feito, revisto e publicado por, José Paulo de Sousa às 22:55
ligação do post | comentar | favorito
|

Eu


follow Jpaulosousa at http://twitter.com

O tempo na Vila

site meter

últ. comentários

É uma perspectiva interessante, da qual as pessoas...
Então aconselho que leias ao menos as seguintes ob...
...E PAGA AS PORTAGENS QUE O CONTRIBUINTE NÃO TEM ...
blabla bla...mas andaste 4 anos a comer do estado!...
Vª Exª é que se auto intitulou não fui eu ...
E um estúpido é um estúpido.
Feirante é Feirante e ponto final. Qual o problema...
José Paulo Sousa, ainda não percebeste que há uma ...
Termin7ologia do portal da empresa Qual a diferenç...
como vê sou muito mais tolerante e educado do o ca...

Recentes

Estádio Municipal, uma co...

Os pecados da UDM

Vampiria

Comunicado da UDM

Messinense campeão abdica...

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

ligações

tags

todas as tags

mais comentados

10 comentários
4 comentários
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário

Best of the best

a casa da cultura como el...

Socrates o Neoliberal

A menina que tem dois pai...

As minhas leituras (I)

pesquisar

 

Prateleira

blogs SAPO

subscrever feeds