Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

Uma nova CA

Desde há uns tempos que o grupo Crédito Agrícola - CA - tem vindo, paulatinamente a impor-se no mundo da Banca e da Banca Seguros, dotou-se a nível central de todo um conjunto de ferramentas que lhe permite ombrear com a outra Banca. Os resultados estão à vista, vejam-se os 113 milhões de euros de lucro depois de impostos obtidos no ano de 2007.

 

Na mesma ordem de ideias a CA Messines, tem vindo a apetrechar-se com novos quadros, que lhe tem dado um maior conhecimento e mais-valias, daí os resultados dos últimos cinco anos, que culminaram com o resultado histórico de 1.6 milhões de euros antes de impostos. Está pois a instituição, a que tenho a honra de pertencer como director, de parabéns.

 

O futuro, contudo, apresenta-se pejado de dificuldades, a Banca faz grandes operações de concentração o grupo CA , não pode , não podia ficar imune nem estático a esta nova realidade, daí que a nível central se tenham pressionado as caixas em dificuldades a entrarem em processo de fusões e visto com muito bons olhos as Caixas que mesmo saudáveis pretendam encontrar parceiros para se tornarem mais fortes, mais competitivas mais agressivas.

Nesta conformidade a CA Messines iniciou no dia 2 de Junho de 2007 um processo negocial com a congenere de Silves no intuito de se criar uma Caixa mais forte , com mais capacidade de penetração em grupos financeiros e na possibilidade de ir a negócios aos quais não tínhamos isoladamente capacidade de competir.

Foi aproximadamente um ano de intensas negociação com avanços e recuos , tendo em vista duas entidades diferentes, com culturas muito diferenciadas, inquinadas por questiúnculas passadas, por bairrismos , por animosidades várias, todavia venceu a forte determinação de ambas as Instituições em alcançarem um acordo se calhar não o que cada caixa sonhava, mas de certeza o melhor acordo para o grupo crédito agrícola.

Estas negociações tiveram o seu happy end no passado dia 5 de Junho a nível de direcções com o conhecimento dos orgãos sociais de ambas as Caixas, resta agora submeter o acordo ás Assembleias Gerais, aos Associados. 

feito, revisto e publicado por, José Paulo de Sousa às 08:44
ligação do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De ME a 17 de Junho de 2008 às 10:52
Parabéns e continuação de bom trabalho!
De Fantasma a 17 de Junho de 2008 às 12:02
VAI HAVER MISSA NA CÂMARA!!!...


“””””
Colegas

Como é do conhecimento de todos, a Chave da Cidade de Silves, foi entregue à Imagem Peregrina da Nossa Senhora de Fátima, conforme o pedido que todos nos efectuamos.

Aquando do pedido de entrega da imagem, também solicitávamos a realização de uma Missa cuja intenção fosse pelos funcionários desta autarquia.

Em consonância com isso, foi proposto pela Paróquia, e aceite pela Câmara Municipal de Silves, o dia 23 de Junho de 2008, para vinda da da Imagem à Câmara Municipal de Silves – Salão Nobre.

Assim, convido a todos que queiram participar neste dia, para a realização de uma reunião no próximo dia 16 de Junho de 2008, pelas 17.00h, no auditório da Câmara municipal de Silves, por forma a pudermos pensar este dia 23 de Junho.

Contamos com todos!

“”””””””””

Foi com este texto acima apresentado, em português brilhante, que um Técnico Superior da Câmara Municipal de Silves, deu continuidade à ridícula (mas pelos vistos por enquanto pouco eficaz) estratégia eleitoral de Isabel Soares, no sentido de adormecer os munícipes face aos problemas da Câmara e do Concelho; agora está a utilizar a Igreja e os católicos e, porque as procissões no Enxerim, na Pedreira, no Poço Barreto, etc., foram uns fracassos, tem o desplante de trazer para dentro do edifício da Câmara a imagem da Senhora de Fátima e até fazer ali uma missa.
A lata, para não dizer outras coisas, sabe-se que é muita, diria até que está ao nível da falta de classe. Não olhar aos meios para atingir os fins sempre foi apanágio de Isabel Soares, mas desta vez ultrapassou os níveis do razoável, mas como tal não existe naquelas bandas não é de estranhar.

Também não é de estranhar que estes miúdos que a rodeiam (Técnicos Superiores, Licenciados e demais espécimes menos letrados) e que constituem o seu principal suporte na autarquia, se prestem a estas tristes figuras (ai!!.. deles se não fizessem esse jogo); não é de estranhar o ter apelidado de “convite”, pois ficava mal se lhe chamassem “a ordem”, para os funcionários estarem presentes;
não vai ser para estranhar quais os funcionários que vão estar na missa (podia-se facilmente antecipar os seus nomes), assim como não vai ser para estranhar, as pessoas alheias à Câmara, leia-se, não funcionários, (também se poderiam com a mesma facilidade antecipar os nomes), que vão estar presentes na missa e na recepção à Senhora - os mesmos que têm aparecido nas peregrinações das freguesias.

Até já se diz que esta mise –en- céne tem a ver com o início da tão apregoada auditoria “encomendada aos que a defendem” sobre o caso Viga D’Ouro, terá?

Por hoje aqui me fico

O PESADELO
De Fantasma a 18 de Junho de 2008 às 13:21
Leio blog's com frequência, gosto deste em particular.
Ler nas entrelinhas é difícil quando não se conhecem os factos… mas honra lhe seja feita hoje senhor Fantasma... gostei do comentário… É competência da Câmara “apoiar ou comparticipar, pelos meios mais adequados, no apoio a actividades de interesse municipal, de natureza social, cultural, desportiva, recreativa e outra” … e, provavelmente nenhuma lei ou regulamento proíbe missas nos salões nobres… mas sejamos sensatos … missa no salão nobre da Câmara Municipal??? Que estranha forma de "Celebração Eucarística” !!!
Cá para mim já estão a querer rezar pela “morte antecipada do PSD e dos seus actuais dirigentes” no concelho de Silves…
Se estivesse mais perto juro que não faltava… e nem sou praticante…
De Fantasma a 22 de Junho de 2008 às 10:46
VAI HAVER MISSA NA CÂMARA… PARTE II!!!...



“”””””
Colegas

Como é do conhecimento de todos, houve uma reunião preparatória dos trabalhos para assinalar a vinda da Imagem Peregrina da Nossa Senhora de Fátima à Câmara Municipal de Silves no próximo dia 23 de Junho.

Poucos foram os presentes mas muito foram os contributos!
Ficou então decidido que:

. Ensaio dos cânticos – sexta-feira às 17h – auditório da CMS;

. Aquando da recepção da imagem, por volta das 10h será feita uma pequena
reflexão – Salão Nobre;

. Às 17h30m será então celebrada uma missa pelo P. Carlos Aquino. Foi já feita
uma selecção das leituras, dos cânticos e foi decidido que no ofertório irá ser
ofertado uma bandeira do município pelos funcionários.

. Serão ofertados dois ramos de flores por filhos de funcionários em nome de
todos e em dedicação a Nossa Senhora.

. Pede-se a todos que tragam uma flor – de preferência na cor branca.

Espera-se a colaboração e presença de todos!

“””””””

Aqui está o texto a dar conta da reunião para “preparar” a recepção da Imagem da Senhora de Fátima (será a original que costuma estar em Fátima ou é uma clonagem?) e consequentemente, da missa que vai ter lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Aproveito para dizer ao senhor Joaquim Santos que não circulou nenhum abaixo assinado na edilidade a pedir que a Imagem da Senhora de Fátima viesse ao edifício da Câmara Municipal e tão pouco que se realizasse uma missa no Salão Nobre da mesma. De facto, foi apresentado a um número reduzido de funcionários e não a uma maioria como refere, um abaixo assinado, apenas e não mais, para que a Imagem da Senhora de Fátima viesse a Silves.

Falar-se de pouca intolerância pela vontade da maioria, no caso concreto, é totalmente descabido e só revela desconhecimento total do déficit democrático existente na Câmara Municipal de Silves (como não podia deixar de ser, mais um exemplo que Isabel Doares foi buscar à Madeira); num universo de cerca de 600 funcionários, em que só perto de 10% teve acesso e conhecimento do abaixo assinado e muitos dos que o assinaram fizeram-no com medo, é bem revelador da vontade da maioria; essa sua imaginária maioria tem por base um bem conhecido status na Câmara do qual lhe dou o exemplo; a pessoa que apresentava aos colegas o abaixo assinado, o irmão, a irmã, a cunhada, os dois sobrinhos, uma sobrinha (que ganham todos horas extraordinárias), , já para não falar dos familiares não funcionários, são uma das maiorias.
Fale-se em liberdade e em autoridade moral quando somos conhecedores da realidade; não se esconda a realidade e denuncie-se aqueles que ficam aos olhos do Povo como democratas, que renegaram todo um passado e começaram a defender um presente, só pelo facto de terem arranjado um tacho para um familiar.
Qual foi a maioria, DE FUNCIONÁRIOS, que esteve na reunião preparatória da visita da Imagem, na tarde de sexta-feira? Mais uma vez se confirmou tudo aquilo que escrevi.
Esta gente da autoridade moral, da sua prática democrática, do bem fazer “desinteressadamente” e que se pavoneia na cidade, todos sabemos quem são: são aqueles que promovem estas manifestações pagãs por toda a freguesia, que vão estar presentes na próxima segunda feira na missa da Câmara, que não querem os seus defuntos familiares misturados com a gentinha, ou que querem para si maior espaço e mais adequado para velarem os seus e que, inéditamente, dão folga em ordem de serviço para que os funcionários participem nos serviços fúnebres de familiares seus, não funcionários. Para os outros, o tratamento é completamente diferente.
Por hoje aqui me fico.

O PESADELO


De Nora Codruta Curta a 25 de Junho de 2008 às 07:40
Hello, hello!
Are you still alive?
No comments on this month?
Nora
De Atenção a 26 de Junho de 2008 às 15:29
Regional

Câmara Municipal de Silves inicia inquérito público para alteração do PDM


elisabete rodrigues Ver Fotos »

Messines
A Câmara Municipal de Silves (CMS) dá andamento, entre os dias 25 de Junho e 24 de Julho, ao inquérito público sobre a alteração do PDM na zona poente de Alcantarilha e no sítio escolar em São Bartolomeu de Messines.

Durante este período, os interessados poderão consultar a proposta de alteração, a acta da conferência de serviços, o relatório ambiental e o relatório não técnico nas Juntas de Freguesia e no Município de Silves, bem como apresentar reclamações, observações, sugestões e pedidos de esclarecimento.

Para esse efeito, poderão utilizar a ficha de participação disponibilizada para o efeito no site da autarquia e remetê-la para Câmara Municipal de Silves, Divisão de Planeamento do Território e Informação Geográfica, Largo do Município, 8300 – Silves ou para o e-mail – ricardo.tome@cm-silves.pt.

Para o esclarecimento de alguma questão, poderão telefonar para o 282 440 800.



De Fantasma a 1 de Julho de 2008 às 08:48
BOAS FÉRIAS …BONS SONHOS …E MELHORES PESADELOS A TODOS


Foram já várias as intervenções que fiz neste blogue e, porque vai todo o mundo entrar de férias, não seria correcto de minha parte, apelando à capacidade de síntese possível, se iniciasse o meu período de repouso sem deixar aqui alguns “retoques” ou “remoques” ao que se escreveu nos últimos tempos.

A propósito do que escrevi sobre as Horas Extraordinárias (tema que mais tarde irei aprofundar), da missa no salão nobre da Câmara e da “visita” da imagem de Fátima, ou sua “clone”(tema que os partidos da oposição têm medo de abordar, à excepção do Bloco de Esquerda que até apresentou um voto de… na Assembleia Municipal e que gerou muita controvérsia, pelo menos no seio do PS) e de outras coisas mais, como seria de esperar, as reacções foram diversas, se não vejamos:

Começo pela reacção mais recente, assinada por uma senhora dita Maria Lúcia, que diz ter a sensação de conhecer o “Pesadelo” (olhe que não! …olhe que não!) a qual, para além de várias observações me pede que lhe informe a quem o padre “encomendou” a missa. Bem, embora tenha havido uma recente actualização das taxas dos “serviços prestados” pela igreja e já aprovadas pelo Vaticano, não me parece que no caso em apreço tenha sido feito qualquer desconto; provavelmente terá sido uma troca de “serviços prestados”, uma vez que a Câmara assumiu o pagamento da pintura da Igreja e nesse caso a missa teria que ser forçosamente pelos vivos, pelos mortos, pelos moribundos, pelos funcionários, pelos trabalhadores, pelos avençados, pelos recibos verdes, pelos TUDO BEM?!, pelos munícipes e pelos todos os outros etcs.

Ao anónimo das 18:55H de 22 de Junho apraz-me dizer: não serei provavelmente um Pesadelo para alguns mas tenho a certeza que o serei para muitos; quanto a ser seu colega …redondamente enganado e sabe porquê? Porque, para o bem e para o mal, não sou colega de ninguém; portanto, não esteja preocupado se corro ou não algum risco de me enganar quando assino qualquer coisa.
Não foi o primeiro nem será o último a acusar-me de mentiroso e como vejo que gosta muito de citações de pessoas célebres deixo-lhe duas:

“É difícil acreditar que um homem está a dizer a verdade quando você sabe que mentiria se estivesse no lugar dele”(Bjorling-Gunnar):

“O Sonho é o alívio das misérias dos que as têm acordados” (Cervantes).


O PESADELO
De ME a 1 de Julho de 2008 às 11:17
Por momentos assustei-me com a falta de rigor da redacção do texto aqui exposto sobre o assunto: "Câmara Municipal de Silves inicia inquérito público para alteração do PDM"... Foi apenas susto, o aviso publicado no Diário da República está impecavelmente redigido...
Senhor(a) "Atenção" pode não saber escrever, mas não saber "copiar"...
A intenção do processo de discussão pública no procedimento de elaboração dos planos é fundamental... mas, mas, mas... pois... depende de quem participa e de quem pondera...

Comentar post

Eu


follow Jpaulosousa at http://twitter.com

O tempo na Vila

site meter

últ. comentários

É uma perspectiva interessante, da qual as pessoas...
Então aconselho que leias ao menos as seguintes ob...
...E PAGA AS PORTAGENS QUE O CONTRIBUINTE NÃO TEM ...
blabla bla...mas andaste 4 anos a comer do estado!...
Vª Exª é que se auto intitulou não fui eu ...
E um estúpido é um estúpido.
Feirante é Feirante e ponto final. Qual o problema...
José Paulo Sousa, ainda não percebeste que há uma ...
Termin7ologia do portal da empresa Qual a diferenç...
como vê sou muito mais tolerante e educado do o ca...

Recentes

eu não vou pedir desculpa...

memórias (7)

memorias (6)

memorias (5)

memórias(4)

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

ligações

tags

todas as tags

mais comentados

26 comentários
12 comentários
12 comentários
12 comentários

Best of the best

a casa da cultura como el...

Socrates o Neoliberal

A menina que tem dois pai...

As minhas leituras (I)

pesquisar

 

Prateleira

blogs SAPO

subscrever feeds