Quinta-feira, 22 de Maio de 2008

Bronca com produto da PT - MEO

Um e-mail fantástico, que me chegou via lagartagem, mas que é divino é ...

O 'MEO' começa a dar problemas.
 
O recém lançado produto da PT 'MEO', serviço de televisão, originou uma chuva de queixas e reclamações de muitos dos subscritores deste produto.
 
Segundo as características técnicas enunciadas pela PT, a box que acompanha o produto, permite, entre outras funcionalidades, a paragem da imagem em tempo real!
 

 

 

O problema é que os clientes que assistiam ao jogo de futebol entre o SCP e o SLB e de entre estes, os adeptos do SLB, tentaram desesperadamente 'parar' o sistema quando o SCP fez o 1-2, mas os golos não paravam de entrar...


Foi o desespero...

 

Confrontado com o resultado do jogo, Ricardo Araújo Pereira, que assitia nas bancadas, incrédulo, dizia: 'O comando já não é MEO!'

 

Parece que a cena se repetiu este fim de semana …

 

 

 

E ontem foram adeptos de outro clube a entrar em desespero…

feito, revisto e publicado por, José Paulo de Sousa às 09:20
ligação do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Fantasma a 27 de Maio de 2008 às 02:13
Não tenho a veleidade de pensar que o que escrevi aqui no outro dia sobre a importância do factor funcionários, nas avultadas Despesas Correntes da autarquia, tenha produzido qualquer efeito; porém, chegou ao meu conhecimento, que a Dra. Lisete Romão pediu na Secção de Recursos Humanos da Câmara Municipal de Silves, que lhe fosse fornecida informação detalhada sobre as horas extraordinárias pagas. Quero realçar que a senhora vereadora não permanente do PS, reforçou no pedido, “informação detalhada”. Todavia, quero também realçar e deixar um alerta à senhora vereadora que fez esse pedido, aos outros vereadores da oposição e aos munícipes em geral, que na Câmara Municipal de Silves, as horas extraordinárias PAGAS dividem-se em:
a) Horas extraordinárias executadas e pagas;
b) Horas extraordinárias pagas e NÃO executadas.

Estas duas “espécies” de HORAS extraordinárias ainda se dividem em:
1. Horas extraordinárias que são uma afronta; são aquelas que são oferecidas, aos Sábados e Domingos (pagas a 100%), a funcionários que durante o período normal de trabalho durante os dias da semana, se trabalhassem 3 horas por dia, nem precisavam da semana toda para terem o seu serviço em dia. A afronta é aos colegas que constatam o facto e a todos os munícipes deste concelho.
2. Horas extraordinárias premeditadas; são aquelas que são feitas em serviços sem característica de urgência, que são preparadas durante a semana nesses mesmos serviços e que também são pagas a 100%, aos Fins de Semana e Feriados.
3. Horas extraordinárias – Complemento de Vencimento; “…como ninguém gosta de perder privilégios, sobretudo aqueles de que sempre gozou, pois a prática continuada do privilégio cria a ilusão de que se trata de um direito”. Nesta categoria estão aqueles que apesar de tudo Isabel Soares “teme” e por isso lhes DÁ horas extras, os tais que são os seus olhos e ouvidos (“fazem” 1 hora por dia e apontam 2 como se de fim de semana se trate – 100% -), os tais que “apontam” horas extras ao fim de semana e feriados, porque os seus colegas e alguns chefes também apontam, etc.,etc. e os tais que, pelo facto do seu vencimento ser baixo lhes “Dão a oportunidade DE VEZ EM QUANDO!!!) de receberem mais algum.
4. Horas extraordinárias VERDADEIRAS; são aquelas que pela especificidade do serviço desempenhado por uma minoria dos funcionários envolvidos (recolha de lixo, reparação de roturas e pouco mais) se justificam e representam um valor irrisório na soma total das Horas que Isabel Soares OFERECE, do dinheiro de todos nós.

Em 2007 a Câmara pagou cerca de MEIO MILHÃO de euros em Horas Extraordinárias e este ano, por motivos óbvios, certamente ultrapassará esta importância.

Este ano foram já pagos em Horas a 100%.: Janeiro cerca de 35 mil euros, Fevereiro cerca de 28 mil euros; Março cerca de 29 mil euros; Abril cerca de 45 mil euros; Maio cerca de 56 mil euros. Ainda faltam as outras horas pagas a percentagens inferiores.

Os exemplos apontados e os números dados naturalmente que têm um “rosto”.
Já mais do que uma vez alguns desses “rostos” foram aqui bem retratados e os responsáveis do executivo permanente bem como da oposição “fizeram-se de mortos”; como tenho reafirmado, para todos eles é tabu falar-se dos funcionários, pois cada um vale no mínimo 5 votos.

Outra questão que vale cerca de 4oo mil euros anuais são as Ajudas de Custo ou Deslocação. Nesta matéria passa-se praticamente o mesmo que com as Horas Extra, onde a AFRONTA também é um facto, com funcionários que não recebem essas Ajudas de Custo, porque não saem dos seus gabinetes e OUTROS, sentados nas secretárias ao seu lado a receberem, inclusivamente de Sábados e Domingos. É um nojo completo.

O PESADELO


De Fantasma a 28 de Maio de 2008 às 21:30
Não foi a primeira vez e nem será provavelmente a última, embora a maior divulgação seja útil, que escrevo alguns comentários NESTE blogue e depois alguém se encarrega de o transportar para outras “paragens”.
Desta vez foi a propósito da questão das Horas Extraordinárias dos Funcionários da Câmara Municipal de Silves e do peso que as mesmas representam nas escandalosas Despesas Correntes da autarquia.
Ao escrever o que escrevi sabia que haveria gente que iria ficar incomodada assim como outros tantos, ou até muitíssimos mais, agradecidos pelas informações prestadas.
Não sei dizer porquê mas não me surpreendeu de todo a posição tomada pelo vereador da oposição com acento na Câmara em representação da CDU.
Segundo julgo saber as leis são para se cumprir e, para o assunto em causa diz o seguinte:
Decreto Lei No. 259/98 de 18/8/1998

Artº. 26
Prestação de trabalho extraordinário

1 – Só é permitida a prestação de trabalho extraordinário quando as necessidades do serviço imperiosamente o exigirem, em virtude da acumulação anormal ou imprevista de trabalho ou da urgência na realização de tarefas especiais não constantes do plano de actividades e, ainda, em situações que resultem de imposição legal.

Artº. 27
Limites do trabalho extraordinário

1 – O trabalho extraordinário não pode exceder duas horas por dia, nem ultrapassar cento e vinte horas por ano.
2 – A prestação de trabalho extraordinário não pode determinar um período de trabalho diário superior a nove horas.
3 – Os limites fixados nos números anteriores podem, no entanto, ser ultrapassados:
# seguem-se 4 alíneas que não dizem nada ao caso presente.
5 – Na administração local, os limites fixados nos nºs. 1 e 2 do presente artigo podem ser ultrapassados quando se trate de pessoal administrativo ou auxiliar que preste apoio às reuniões ou sessões dos órgãos autárquicos, bem como motoristas, telefonistas e outro pessoal auxiliar ou operário, cuja manutenção em serviço seja expressamente fundamentada e reconhecida como indispensável.

Artº. 30
Limites remuneratórios

1 – Os funcionários e agentes não podem, em cada mês, receber por trabalho extraordinário mais do que um terço do índice remuneratório respectivo, pelo que não pode ser exigida a sua realização quando implique a ultrapassagem desse limite.
4 – Na administração local podem ser abonadas importâncias até 60% do respectivo índice remuneratório do pessoal administrativo ou auxiliar que preste apoio a reuniões ou sessões dos órgãos autárquicos, bem como aos motoristas, telefonistas e outro pessoal auxiliar, afectos, por deliberação expressa, ao serviço da presidência dos órgãos executivos e ainda aos motoristas afectos a pessoal de cargos equiparados a director-geral.


Se por obra e graça do Espírito Santo (sim só por intervenção divina) a I.G.A.T. viesse um dia a inspeccionar como são pagas as Horas Extraordinárias na Câmara Municipal de Silves, muita gente seria incomodada certamente.

O PESADELO

De Mau da Fita a 29 de Maio de 2008 às 16:53
Graças a deus que lhe tiram o comando e o comando já na é SEO, bem haja a quem o escurraçou da Câmara.

De José Paulo de Sousa a 29 de Maio de 2008 às 17:34
vendo as coisas à distância só lhe posso dizer uma coisa ... obrigado aos escorraçadores hahahhahaha
até já!!!
De Olha que eu também sei a 15 de Julho de 2008 às 22:58
Também acho ainda bem! Em boa hora o fizeram. Mas deixa estar que não é por isso que te escapas!
De Ailéh a 29 de Maio de 2008 às 16:55
As coisinhas que o senhor sabe!!!
De Ana MAria a 30 de Maio de 2008 às 17:04
Pode não ter nada a ver com os comments deste post, mas tem a ver com o post e com o MEO.

E como este assunto ainda não foi aqui referido, mas é bastante interessante, sobretudo para quem tem crianças pequenas...

O canal Disney agora é grátis no Meo. Começa a emitir a partir de 1 Junho. É preciso ver que na TV Cabo paga-se mais de 5 € mensais pata ter este canal, e no Meo vem no pacote base. Ainda bem que finalmente há concorrência na TV paga. Arriscaria afirmar que já há TV de luxo. :)
De Fantasma a 31 de Maio de 2008 às 00:07
Informa hoje a LUSA que segundo dados da Direcção Geral das Autarquias, a Câmara Municipal de Silves é a autarquia do país que mais tempo leva para pagar aos seus fornecedores.
A Câmara de Silves é a campeã nacional, demora 1154 dias (3 anos e 161 dias) para satisfazer os seus compromissos. Curiosamente, em segundo e terceiro lugares estão a Câmara de Santa Cruz e da Calheta, na Madeira, que demoram 1013 e 990 dias respectivamente; até neste aspecto Isabel Soares copiou o seu companheiro João Jardim.
Oliveira de Azeméis que estava em 1º.lugar passou para 8º., o que significa que em relação aos dados anteriores, Silves dilatou o tempo de pagamento aos seus fornecedores.

O PESADELO
De Maria Esmeralda a 2 de Junho de 2008 às 16:15
Mas... Este pesadelo está em todo o lado?
Bem podia passar a DREAM , muito mais Simpático.
De ME a 3 de Junho de 2008 às 10:53
Só são escorraçados aqueles que trabalham e que colaboram...
Os inúteis, esses nunca são escorraçados, porque nunca nada fizeram e nada sabem fazer...
Trabalhar e colaborar é ter sucesso!!!
ME

Comentar post

Eu


follow Jpaulosousa at http://twitter.com

O tempo na Vila

site meter

últ. comentários

É uma perspectiva interessante, da qual as pessoas...
Então aconselho que leias ao menos as seguintes ob...
...E PAGA AS PORTAGENS QUE O CONTRIBUINTE NÃO TEM ...
blabla bla...mas andaste 4 anos a comer do estado!...
Vª Exª é que se auto intitulou não fui eu ...
E um estúpido é um estúpido.
Feirante é Feirante e ponto final. Qual o problema...
José Paulo Sousa, ainda não percebeste que há uma ...
Termin7ologia do portal da empresa Qual a diferenç...
como vê sou muito mais tolerante e educado do o ca...

Recentes

eu não vou pedir desculpa...

memórias (7)

memorias (6)

memorias (5)

memórias(4)

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

ligações

tags

todas as tags

mais comentados

26 comentários
12 comentários
12 comentários
12 comentários

Best of the best

a casa da cultura como el...

Socrates o Neoliberal

A menina que tem dois pai...

As minhas leituras (I)

pesquisar

 

Prateleira

blogs SAPO

subscrever feeds