Terça-feira, 9 de Janeiro de 2007

As minhas leituras (I)

Para quem gosta de romance histórico, aconselho vivamente as Lágrimas de Karseb , no estertor da antiquíssima Bizâncio, à data, 1453 Constantinopla, hoje Istambul.

Por muitos anos que viva nunca me esquecerei da Mesquita Azul

Imagem:Ac-sultanahmed1.jpg

 

Muito menos da Igreja de Santa Sofia

Hagia Sophia, Istambul, Turquia, Junho 1994

O que também não admira, pois só se tem 19 anos uma vez e no longinquo ano de 1983 abalei para a Turquia de Inter- rail. Como era o segundo já estava mais confiante e arranquei sozinho!

Porto - Irun no velhinho internacional, em Irun como as linhas francesas e do resto da europa são diferentes das nossas foi necessário trocar de comboio, por isso mochila as costas e para Hendaya é que é o caminho, o pessoal mais abastado viajava nas carruagens cama não necessitava de mudar... não foi o meu caso!!!

Nesta transfega reparei numa mocinha que devia ter a minha idade e que também viajava sozinha, parada com ar de uma grande complicação... então problemas? disse-me que sim, que ía para casa de uns tios e estava sem dinheiro e os guardas francese estavam a pedir que demonstrassemos que tinhamos dinheiro.

Para quem não se lembra naquele tempo viajar não era fácil e comprar dinheiro estranjeiro, também não era permitidos comprar ou sete mil e quinhentos escudos ou dez mil já não me recordo bem, e ainda por cima averbavam o dinheiro comprado no passaporte. Pois o desenrascanso dos tugas veio ao de cima, disse-lhe pega no meu dinheiro eu safo-me mostrando o passaporte.

Safamo-nos os dois!!!

Deixo aqui o roteiro até Istambul de comboio, demorei oito dias... as peripécias e foram algumas ficam para outra vez...

Porto/Irun/Hendaya/Paris/Zagreb/Belgrado/Thessalonica/Uzunkupruffu(não garanto que se escreva assim)Istambul.

Mas o que interessa mesmo é o livro que aconselho vivamente

 

Lagrimas_Karseb.jpg (67801 bytes)

 

1453
A DATA QUE MARCA O FIM DA IDADE MÉDIA E DO IMPÉRIO ROMANO DO ORIENTE ENCOBRE UM GRANDE MISTÉRIO

Verão de 1452. O Sultão Mohamed II planeia o cerco ao último baluarte do Império Romano do Oriente. Depois de mais de mil anos de glória, Constantinopla é apenas uma cidade-estado mantida pelos interesses comerciais dos genoveses e dos venezianos e dividida pelo cisma que separa católicos e ortodoxos.

Constantino Paleólogo Dragases , último Basileus romano, prepara-se para a defesa e reclama desesperadamente a ajuda do pontífice e das cortes europeias.
Do outro lado do mundo, em Toledo, Bernard Villiers , um médico francês marcado por um facto trágico, recebe uma inquietante carta cifrada que o informa que uma das lendárias Lágrimas de Karseb foi encontrada em Constantinopla.

Bernard atravessará o Mediterrâneo e, juntamente com o seu velho amigo Nikos Pagadakis , sábio e filósofo cretense, e o seu aprendiz, Stelios , procurará a misteriosa jóia mística.

Não demorarão a compreender que a terceira das Lágrimas, cobiçada por mãos assassinas, parece andar a par e passo com o destino trágico da Cidade e de uma profecia milenar.

E que um velho sacerdote de Santa Sofia possui muitas das chaves que resolvem o mistério.

As Lágrimas de Karseb é uma crónica trepidante e rigorosa de um cerco épico, em que sete mil gregos e latinos se confrontaram com o imenso exército dos turcos otomanos. Uma viagem transcendente à mística do coração, aos sonhos dos homens, ao amor e à paz.

 

feito, revisto e publicado por, José Paulo de Sousa às 00:06
ligação do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Julio Murillo Llerda a 26 de Janeiro de 2007 às 12:53
Querido Jose Paulo...

Muchas gracias por recomendar mi primera novela, Las Lágrimas de Karseb, en tu blog. La escribí con el corazón. Soy un enamorado de la Historia de Bizancio-Constantinopla-Estambul. Me alegro de que mi trabajo te haya hecho feliz.

Mi segunda novela, Las Puertas del Paraíso, se publicó en año pasado. Transcurre en la Florencia de los Médicis. Y Bernard Villiers y Nikos la protagonizan. Ahora he terminado El Agua y la Tierra, sobre las guerras Médicas entre Grecia y Persia.

Recibe un fuerte abrazo desde Barcelona. Mucho cariño.

Julio Murillo Llerda
De José Paulo de Sousa a 26 de Janeiro de 2007 às 18:53
Obrigado pela visita.
Obrigado pelas palavras, quanto aos livros continue a escrever, os titulos que referiu , acho, que ainda não estão disponiveis em Português.
De Nora Codruta Curta a 29 de Maio de 2007 às 07:26
It is a little bit strange to see here in this Iberic area a book about south-eastearn European topics. The Holly Emperor Constantin and his mother the Emperess Elena is a great anniversary in the world of Ortodoxism. It is held at the middle of May. Unfortunately, this is not translated in Romanian to read it. But I think that it gives you an image about this ancient part of world.

Comentar post

Eu


follow Jpaulosousa at http://twitter.com

O tempo na Vila

site meter

últ. comentários

É uma perspectiva interessante, da qual as pessoas...
Então aconselho que leias ao menos as seguintes ob...
...E PAGA AS PORTAGENS QUE O CONTRIBUINTE NÃO TEM ...
blabla bla...mas andaste 4 anos a comer do estado!...
Vª Exª é que se auto intitulou não fui eu ...
E um estúpido é um estúpido.
Feirante é Feirante e ponto final. Qual o problema...
José Paulo Sousa, ainda não percebeste que há uma ...
Termin7ologia do portal da empresa Qual a diferenç...
como vê sou muito mais tolerante e educado do o ca...

Recentes

eu não vou pedir desculpa...

memórias (7)

memorias (6)

memorias (5)

memórias(4)

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

ligações

tags

todas as tags

mais comentados

26 comentários
12 comentários
12 comentários
12 comentários

Best of the best

a casa da cultura como el...

Socrates o Neoliberal

A menina que tem dois pai...

As minhas leituras (I)

pesquisar

 

Prateleira

blogs SAPO

subscrever feeds